A vida simples de Chico Xavier é um exemplo a ser seguido por todos

February 28, 2015

 

Antônio reclamava:

“A vida está passando muito rápido. Não tenho tempo para fazer metade das coisas que eu quero.”

Antônio já leu vários livros do Chico e conhece um pouco sobre a vida dele.

Adora o médium e sempre o elogia.

Ele é um homem ético, assim como Chico foi.

Os dois tem interesse pelo mundo espiritual e na reforma íntima.

Todavia, ele esqueceu a maior lição deixada pelo médium:

a forma como Chico Xavier organizou sua vida.

 

 

Ele morava em uma pequena casa, com poucos pertences.

Um lar simples, fácil de organizar, limpar e cuidar.

Pouquíssimo tempo era gasto nestas tarefas.

Ele gastava mais tempo orando.

A oração era muito importante em sua vida.

O foco era ter tempo para orar.

 

 

COERÊNCIA (1).

A oração é muito importante, por isto é neste ponto que o médium colocava suas atenções e intenções.

Antes de escrever este texto fiz uma pequena pesquisa com alguns conhecidos espíritas.

Perguntei: o que é mais importante, ir às compras ou orar?

Todos, sem exceção, disseram que era orar.

Nenhum gastava mais tempo com a oração do que com as compras.

Pois bem, o Chico Xavier foi coerente com seus valores.

E organizou sua vida para que primeiramente pudesse orar.

Enquanto teve saúde, ele cuidou dos detalhes rotineiros de sua vida.

Mas, a simplicidade de sua vida permitia com que ele priorizasse o que era realmente importante.

 

 

João é casado e tem 2 filhos.

Pedi para ele contar quantos equipamentos eletrônicos possui em sua residência.

Entre televisão, celular, toca cd, impressora, etc. eram 22.

Ele reclama que sempre tem algo estragado em casa que aumenta seu trabalho.

Tempo, dinheiro, stress, desgaste.

Tudo para ter “qualidade de vida”.

Tudo imprescindível.

Tudo muito importante.

Somado à todas as outras necessidades “importantíssimas”, joão tem uma vida cara, complicada e estressante.

 

O Chico vivia tão bem que se permitiu doar os direitos autorais de seus livros.

São milhões de reais em direitos autorais.

Ele usaria este dinheiro para quê?

Para tornar sua vida com mais “qualidade de vida”, ou seja, mais cara, complicada e que tomaria seu tempo?

Ele não quis viver assim. Ele queria ter tempo para orar, ler, dialogar, aprender e servir.

O bem mais precioso do ser humano é seu tempo.

A simplicidade do Chico Xavier permitiu que ele usasse seu tempo para o que ele considerava mais importante.

Ele só conseguiu viver desta forma tão bela porque NÃO ACREDITOU no senso comum de que precisava de muito para ter melhor qualidade de vida.

 

 

Você  sabe que não precisa de muito para ser feliz.

Mas, você não consegue colocar em prática a vida simples.

Você é prisioneiro de dezenas de necessidades imprescindíveis.

Cada uma delas te prende e você sai à busca de supri-la.

 

 

O Chico sabia ORGANIZAR SUA VIDA.

Ele trabalhou até aposentar e criou seu filho.

Cuidou de seus interesses, como qualquer pessoa.

O segredo para produzir uma obra tão magnífica foi abrir mão do que lhe desviava de seu caminho.

Quando digo sim para alguma coisa, imediatamente estou dizendo não para várias outras.

Ou, como Jesus disse: “porque, onde estiver vosso tesouro, ali estará também o vosso coração” (Lucas 12:34)

O tesouro do Chico Xavier foi sua dedicação ao próprio desenvolvimento espiritual.

Ele disse não para várias atividades que ocupariam seu tempo e desviariam sua atenção.

 

 

Atualmente, o que mais desgasta as pessoas é o excesso de desejos e interesses.

O tempo acaba sendo desperdiçado com o que é menos importante.

O excesso e a dispersão devem ser combatidos com a PRIVAÇÃO VOLUNTÁRIA.

A reflexão sobre a privação voluntária deve ser o centro para as pessoas conseguirem manter o coração sereno; e assim se dedicarem à pratica caridosa e à própria evolução espiritual.

Quando o Chico disse que aprendeu a jamais criticar alguém, ele estava descrevendo seu coração sereno, que não se permitia ser tumultuado pela ação do outro.

Um coração sereno, uma mente clara e neutra.

Esta grande sabedoria foi construída com paciência e boas escolhas no dia-a-dia.

Boa parte destas boas escolhas aconteceram porque ele manteve a coerência, o foco e praticou a privação voluntária.

 

 

Um candidato a presidente foi até Uberaba (minha cidade) e chegou na casa do Chico Xavier. Já foi entrando e encontrou o médium orando, ajoelhado ao lado da cama.

Dias após o evento uma pessoa comentou:

- o pobrezinho estava rezando e o (candidato) sem educação invadiu seu quarto...

O outro retrucou:

- pobrezinho? O Chico Xavier é riquíssimo de amor. É a vida mais rica que conheço. Ele faz o que gosta, vive a vida que sempre quis ter, ama ajudar ao próximo. Ele escolheu viver e vive intensamente sua espiritualidade. Ele vive a vida que planejou para si.

E continuou:

- pobrezinho é quem deixa para trás o que acredita, quem mata seus sonhos e se distancia de quem é realmente importante.

- pobrezinho é quem se engana ao valorizar uma coisa e gastar seu tempo e sua dedicação buscando outras. O Chico é corajoso o bastante para se dedicar ao que considera mais importante em sua vida.

Chico Xavier não era coitadinho, nem pobrezinho. Ele escolheu um caminho e foi fundo neste caminho. Ele viveu a verdade e é por isto que as suas palavras possuem força e poder de auxílio.

É um exemplo, um ótimo exemplo.

 

 

Este texto tem a intenção de te ajudar a mudar sua vida.

Sua atenção não pode continuar direcionada para longe de onde seu coração sabe que você deveria estar.

Primeiro o que é mais importante para seu espírito, para seu trabalho e para sua família.

Tudo o mais, deve existir com muita frugalidade e parcimônia.

Você criará uma vida mais coerente e mais rica de satisfação.

 

 

Uma pessoa gostaria de ter tempo para todos os dias meditar/orar, ler a Bíblia e mentalizar.

Ele tomou a decisão: orar, ler a Bíblia e mentalizar são minhas prioridades e não serão desprezadas nunca mais.

Ele abriu mão de outras atividades, passou a ter um consumo mais simples e reorganizou sua rotina.

Ela passou a dizer sim para o que seu coração dizia que era realmente importante.

E abriu mão de várias atividades e necessidades que a sociedade incentivava.

A vida dele melhorou. Melhorou muito.

Quando você segue o que é realmente importante e coloca força e dedicação nesta decisão, uma NOVA FONTE DE ENERGIA E SABEDORIA se abre para te ajudar a seguir este caminho tão belo.

Esta pessoa todos os dias agradece pela sábia decisão que tomou há algumas décadas e que o mantém firme para superar os desafios da vida e evoluir.

 

Afinal, todos nascem para evoluir e se abrir para as vivências espirituais.

 

Autor: Regis Mesquita

Depoimentos

Please reload

Featured Posts

Palestra com o Tema: Amando Sempre

September 3, 2017

1/10
Please reload

Recent Posts

May 22, 2015

March 23, 2015

Please reload

Search By Tags
Please reload

Follow Us
  • Facebook Classic
  • Twitter Classic
  • Google Classic